Valdeck Almeida de Jesus
O poeta da verdade!
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks


O embalo da vida me pegou

E eu entrei sem querer fugir

Será que é melhor ficar

Ou será melhor sair?

Enlevo-me, embalo-me

Entro fundo na emoção

Mas será que isto não será

Ruim pro meu coração?

Nem paro nem sigo

Fico a titubear

Andando comigo.

Não quero parar

Mesmo que eu morra

Sem te amar.

(03 de agosto de 1987).

Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 15/07/2009
Alterado em 14/03/2011


Comentários